Three species of Scorpiodoras are recognized: S. calderonensis, S. heckelii, and S. liophysus; the latter species is described herein. Scorpiodoras calderonensis occurs in the upper Amazon basin, including the Solimões, Juruá, Japurá, and Tefé rivers. Its type locality, originally stated as “Calderón”, is elucidated as Tabatinga, Brazil. Scorpiodoras heckelii is the most widespread species, occurring in the Orinoco, Branco, Negro, and Amazonas rivers downstream of its confluence with Rio Negro. Scorpiodoras liophysus is only known from the middle Rio Madeira basin and presents a morphological feature unique within the genus: gas bladder without secondary bladder. An osteological description of the genus is provided, as well as redescriptions of S. calderonensis and S. heckelii. Additionally, a key allowing identification of the species is presented, as well as a biogeographic discussion.

Três espécies de Scorpiodoras são reconhecidas: S. calderonensis, S. heckelii, e S. liophysus, esta última descrita aqui. Scorpiodoras calderonensis ocorre na bacia do alto rio Amazonas, incluindo os rios Solimões, Juruá, Japurá, e Tefé. Sua localidade tipo, originalmente descrita como “Calderón”, é elucidada como sendo Tabatinga, Brasil. Scorpiodoras heckelii é a espécie mais amplamente distribuída, ocorrendo nos rios Orenoco, Branco, Negro, e Amazonas abaixo de sua confluência com o rio Negro. Scorpiodoras liophysus é conhecido apenas do médio rio Madeira e apresenta uma característica única no gênero: bexiga natatória sem bexiga secundária. Uma descrição osteológica do gênero é feita, assim como redescrição de S. calderonensis e S. heckelii. Adicionalmente, uma chave de identificação para as espécies do gênero e uma discussão biogeográfica são apresentadas.

You do not currently have access to this content.